Interrompemos a programação para anunciar os novos candidatos.

Obama será reeleito? Será que os republicanos conseguirão superar a popularidade mundial do Sr. Yes You can? Pouco importa. Não é essa a eleição dos meus sonhos. Não, senhor.

Em meus sonhos, os candidatos seriam bem diferentes. As plataformas seriam únicas. O povo decidiria o seu líder pela música. E como estamos falando dos Estados Unidos nessa hipótese, nada de Frank Aguiar, Netinho, Agnaldo Timóteo, Tiririca. Aqui o nível é alto, meus caros eleitores. Vamos aos candidatos.

Representando o PBS, Partido do Black Sabbath, o príncipe do heavy metal, Ozzy Osbourne. É um candidato imortal, como bem sabemos. Tem tudo para ser um governante mais longevo que Fidel. Pontos de destaque no seu programa político:

Todo cidadão tem que tomar uma vacina anti-rábica.

Os cultos ao diabo estão permitidos.

O uso de óculos escuros, de preferência de lentes azuis, é obrigatório

O hino oficial dos EUA passa a ser: Crazy train.

Ouvir música baixa não será mais tolerado.

O conceito de uma família feliz será revisado.

Um cardápio alimentar saudável inclui a ingestão de morcegos e pombas.

Em caso de emergência, não ligue 911. Simplesmente, grite: Sharonnnnnnn.

O segundo candidato é uma candidata. Deu certo no Brasil, porque não daria certo na América. Abram alas para ela: Madonna Louise Veronica Ciccone. Filiada ao PPMP, Partido Popular da Música Pop, ela defende a monarquia. Uma rainha repleta de súditos. Com um programa voltado para as questões femininas, Madonna tem toda pinta (com trocadilho) para ser uma grande governante. E o que ela defende?

Programa Botox Família. O primeiro programa popular no mundo de inclusão estética.

Programa Minha Plástica, Minha Vida. Mais uma ferramenta de inclusão. Lipo e silicones agora fazem parte da cesta básica.

Reforma ortográfica: a palavra balzaca está terminantemente proibida.

O Hawaii muda de nome para La Isla Bonita.

O ensino da Cabala é obrigatório nas escolas.

Homens jovens têm a preferência nas filas de banco.

A palavra ex-marido ganha um novo sinônimo: Sean Penn.

Personal trainer bem gato: um direito de todas.

Forte oposicionista da candidata Madonna, ele: Snoop Doggy Dogg. Um candidato machista para machos. O mundo está mais metrossexual? Snoop nele. E o programa político não deixa dúvidas:

Todo cidadão espada tem direito a barras de strippers na sala.

Boné e camisetas de times de basquete passam a ser traje de gala.

O cigarro sem fins alucinógenos está proibido.

Construção do International Weed Arena, o primeiro maconhódromo mundial.

Seguindo a linha de governo, cafetão é uma profissão tão nobre quanto médico. E mais nobre do que advogados. (mesmo que não seja uma novidade)

Butt World Cup. Uma disputa mundial pelo posto de melhor glúteos.

Proibida a venda de secadores de cabelo para homens.

Depilação de sobrancelha é um crime previsto por lei.

Programa de incentivo à Beatificação de Tupac Shakur.

E por último, o Highlander, o Senhor dos Magos, mais resistente que uma barata cascuda criada nos bueiros de Copacabana, ele: Keith Richards. Representante dos fracos e oprimidos pelo sistema radiofônico. Um homem e uma causa: Now you can always get what you want. E claro, deixar o Mick Jagger na posição de vice.

Sete vidas. Um direito de todos. Um programa que vai dividir a herança genética do presidente Keith Richards com toda a população.

Minha ruga, meu orgulho. Um incentivo financeiro a todo cidadão que expor a sua face de ameixa com o peito inflado.

Polo Industrial Etílico Keith. A mais alta tecnologia com a missão de criar os melhores destilados do planeta.

Sangue Novo, Vida Nova. Troca de sangue a cada 10 anos para todos.

Criação do Ministério do Rock.

A nova capital dos Estados Unidos será uma cidade do Mississipi a escolher.

O Monte Rushmore muda para os rostos de: Willie Dixon, Chuck Berry, Robert Johnson e Muddy Waters.

Charlie Watts substitui a pomba como símbolo oficial da paz.

Esses são os candidatos. Vote com a consciência não muito sóbria. E no dia da eleição, não esqueça de levar o comprovante de bons antecedentes musicais.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Interrompemos a programação para anunciar os novos candidatos.

  1. Bruno Macarini disse:

    Keith Richards pra presidente desse mundo coxinha que a gente ta vivendo.

  2. Alex Miranda disse:

    Imaginar esse circo foi um devaneio, acho que vou sonhar com essa cena.
    Votaria no Keith. Sangue novo a cada 10 anos que me motivou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: